Abordagem Notícias
SANTA CASA
EXCLUSIVO • 26/04/2023

Obras entre Assis/Marília estão 99% prontas, liberação depende da aprovação da Artesp

A previsão é de entregar o trecho até o final deste semestre.

Obras entre Assis/Marília estão 99% prontas, liberação depende da aprovação da Artesp

O fim das obras na Rodovia Rachid Rayes (SP-333), entre Assis e Marília, pode estar próximo! De acordo com informações obtidas pela equipe Abordagem Notícias com a Entrevias Concessionária de Rodovias, as intervenções estão praticamente concluídas, com 99% já finalizadas. Atualmente, equipes trabalham em serviços complementares e finais de sinalização e iluminação.

Iniciadas no final do primeiro semestre de 2021, as intervenções  ficaram sob responsabilidade da Entrevias e estão previstas no contrato de concessão com o Governo do Estado de São Paulo. O investimento total para os dois segmentos que estão sendo duplicados, de Marília a Echaporã e Echaporã a Assis, entre o km 337 e 401, é de R$ 294 milhões.

Questionada sobre a sinalização, a Concessionária informou que segue as diretrizes do Código Brasileiro de Trânsito e DER-SP, assim como o projeto previamente aprovado pela Artesp, incluindo restrições de tráfego e placas de velocidade reduzida a fim de garantir a segurança dos usuários da rodovia e dos trabalhadores da concessionária.

A previsão da Entrevias é de entregar o trecho até o final deste semestre, porém, a liberação depende da aprovação da Artesp, conforme regra contratual.

Diante disso, a Concessionária reforça a importância do respeito às sinalizações e limites de velocidade, além de uma direção preventiva e cumprimento das normas de trânsito. A imprudência é a principal causa de acidentes registrados em rodovias.

Outro ponto enfatizado pela Entrevias é a proibição da circulação de veículos nas pistas novas que ainda não estão liberadas ao tráfego. A empresa reitera que o trânsito nestas pistas em obras está restrito aos veículos e equipamentos que atuam nelas.

Em decorrência de tantas colisões e vidas perdidas na Rachid Rayes, o trecho compreendido entre Assis/Marília foi popularmente denominado "Rodovia da Morte".

Com a conclusão das obras, espera-se uma redução significativa nos acidentes - que têm sido registrados com frequencia, e melhorias no fluxo do tráfego na região, o que trará benefícios à população. Abordagem Notícias continuará acompanhando de perto todos os desdobramentos da obra e informando aos leitores.

 

Fonte: Redação - fotoe cedidas pela Entrevias