NOTÍCIA

12/03/2018

Polícia Militar Ambiental flagra pesca em local proibido em Palmital

Os infratores responderão por crime ambiental.


Polícia Militar Ambiental flagra pesca em local proibido em Palmital

No sábado, 10 de março, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados no 2º Pelotão Operacional da cidade de Assis, realizavam patrulhamento em Palmital, pelo bairro Porto Leopoldino, quando surpreenderam um indivíduo pescando em área proibida, utilizando molinetes, caniço simples, linha, anzol e chumbada.

Foi elaborado o Auto de Infração Ambiental “Por pescar em local no qual a pesca seja proibida”, com a penalidade “Advertência”. Perto dali, ainda no mesmo bairro, os policiais surpreenderam mais dois homens pescando em local proibido, utilizando molinetes, caniço simples, linha, anzol e chumbada. Foram elaborados também para cada um dos infratores o Auto de Infração Ambiental “Por pescar em local no qual a pesca seja proibida”, com a penalidade “Advertência”

Os infratores responderão por crime ambiental previsto no artigo 34 da Lei Federal 9.605/98, o qual prevê pena detenção de um a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3592.1200 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.

Fotos - Cap PM Ewerton Ricardo Messias Comandante da 4ª Companhia de Polícia Militar Ambiental de Marília.

 


Compartilhe: