Abordagem Notícias
SANTA CASA
EXCLUSIVO • 23/05/2024

Acusado de estuprar enteada em Assis é encontrado morto em cela

Em 2022, o homem foi condenado a 18 anos de prisão, também por estupro de vulnerável.

Acusado de estuprar enteada em Assis é encontrado morto em cela

Nesta quinta-feira, 23, D.F.A., de 48 anos, que no último dia 14 de maio foi preso pela Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Defesa da Mulher de Assis, foi encontrado morto na cela que ocupava na Cadeia Pública de Presidente Venceslau, para onde foi transferido, ontem, da cadeia de Lutécia. As circunstâncias estão sendo apuradas.

No dia 8 de maio foi registrada uma ocorrência de estupro de vulnerável, em Assis, que segundo a polícia, foi cometido por D. F. A., cuja vítima seria uma criança de dez anos de idade, enteada dele.

No ano de 2022, o homem foi investigado pela mesma prática delitiva (estupro de vulnerável), também pela Delegacia de Defesa da Mulher de Assis, onde, em razão das provas, foi processado e condenado a 18 anos de prisão, estando o processo pendente de trânsito em julgado. Ele aguardava em liberdade. 

Na ocasião da prisão mais recente, a polícia representou pela decretação da prisão temporária dele, a qual foi acolhida pela Justiça Pública. O mandado de prisão foi cumprido após o suspeito se entregar na delegacia. 

Ainda não é possível informar se o óbito foi decorrente de suicídio, ou homicídio. 

 

Fonte: redação - foto meramente ilustrativa (Fernando Lemos/Agência O Globo)




lena pilates
Pharmacia Antiga