NOTÍCIA

15/09/2021

Morte de policial militar: Polícia Civil de Tarumã descarta a hipótese de homicídio

O cabo Cândido tirou a própria vida, na noite de segunda-feira, 13.


Morte de policial militar: Polícia Civil de Tarumã descarta a hipótese de homicídio

A notícia da morte do cabo PM Cícero Cândido teve grande repercussão no município de Tarumã, onde o fato se deu, na noite de segunda-feira, 13, no quartel da Polícia Militar. Muito querido por todos, e segundo amigos, sem histórico de depressão, foi difícil para as pessoas entenderem o que o levaram a uma decisão tão drástica de tirar a própria vida, deixando esposa e três filhas pequenas, sendo duas delas, gêmeas.

Surgiu na cidade a hipótese de homicídio, e inverdades, como tendo o policial sido morto com três tiros, versão totalmente descartada pelo delegado titular de Tarumã, Bruno Delfino Sentone, nesta manhã de quarta-feira, 15.

“Pela circunstância, a morte é investigada como suicídio. Não há indício algum da participação de terceiros. Ele foi morto com um tiro na cabeça e houve testemunhas do fato, as quais trabalhavam com ele estavam dentro do quartel naquele momento”, esclarece.

Questionado sobre o policial ter deixado alguma carta ou mensagem sobre a motivação para a decisão tão extrema, o delegado disse que o celular dele foi apreendido para análise.

O policial foi sepultado na terça feira, 14, em Uraí-PR.

 

Redação Abordagem


Compartilhe: