NOTÍCIA

08/09/2021

Diretor do Centro de Trabalho e Educação da Penitenciária de Assis infarta e morre

O sepultamento de Carlos Alberto ocorreu no feriado de Sete de Setembro.


Diretor do Centro de Trabalho e Educação da Penitenciária de Assis infarta e morre

Morreu ontem, feriado de Sete de Setembro, depois de sofrer um infarto, ser reanimado e internado, Carlos Alberto de Oliveira, 55 anos, diretor do Centro de Trabalho e Educação da Penitenciária Estadual de Assis. Ele infartou em sua casa, quando acompanhava a reforma e estava hospitalizado desde a última quarta-feira, em UTI da Santa Casa de Marília-SP.

Carlos estava no último cargo havia pelo menos 24 anos, e iria aposentar ainda este ano. Ele estava deixando tudo organizado no seu departamento de trabalho, para só então sair.

Casado com Rose,deixa os filhos Artur e Isabela e um grande legado, principalmente na Educação da Unidade.

O velório ocorreu na Loja Maçônica  União e Fidelidade, em Assis, e o sepultamento, ontem, às 15 horas, em Cândido Mota-SP.

O diretor geral da penitenciária de Assis, Mauro Lima, lamenta a morte, não só de um companheiro de trabalho, mas de um grande amigo. " Ele iniciou suas atividades nesta Unidade de Assis há cerca de 30 anos Sempre dedicado e empenhado, exercia suas atividades exemplarmente, desenvolveu  inúmeras  atividades sendo  autor de diversos projetos importantes, deixou  um grande legado. Perdemos um Irmão, amigo, companheiro  que contribui e honrou  cada  dia trabalhado nesta Unidade", lamenta. 
 

À família enlutada, sinceras condolências pela equipe Abordagem Notícias. 

 

 

 

 

Redação Abordagem

 


Compartilhe: