NOTÍCIA

04/12/2020

Polícia Civil de Palmital prende suspeitos de assassinar Robson Liborio de Moraes

Os dois indiciados pelo crime são comerciantes.


Polícia Civil de Palmital prende suspeitos de assassinar Robson Liborio de Moraes

A Polícia Civil do Estado de São Paulo, através da Delegacia de Polícia de Palmital, prendeu em menos de uma semana de um crime duas pessoas suspeitas de terem envolvimento no homicídio de Robson Liborio de Moraes, morto por disparos de arma de fogo no dia 29 de novembro de 2020. Os dois suspeitos são comerciantes e possivelmente teriam tirado a vida de Robson por acreditarem ter ele furtado o estabelecimento comercial deles. Os suspeitos não procuraram a Polícia Civil para fazer boletim de ocorrência e teriam, possivelmente, buscado fazer justiça com as próprias mãos. 

Segundo o delegado titular de Palmital,  Giovani Bertinatti, não há qualquer prova do envolvimento da vítima no crime patrimonial anterior e não serão toleradas quaisquer formas de justiçamento, devendo os interessados seguir o caminho correto e procurar a Polícia Civil que é o órgão com competência constitucional para realizar investigações juntamente com a Polícia Federal.

Foram cumpridos na data desta sexta-feira, 04, três mandados de busca e apreensão domiciliar e dois mandados de prisão temporária, sendo que foram localizados nos locais vinculados aos suspeitos uma arma de fogo calibre .357 e diversas munições do mesmo calibre, munições de espingarda calibre 12 e 28 e uma outra arma tipo revolver a ser periciada para comprovar sua funcionalidade, que os suspeitos detinham sem qualquer autorizacao.

Um dos comerciantes foi ainda preso em flagrante delito por posse ilegal de arma de fogo e as investigações sobre o homicídio prosseguem no sentido de comprovar ou afastar a responsabilidade dos suspeitos presos na data de hoje. Os dois homenss seguirão presos por no mínimo 30 dias.

Robson foi encontrado, já morto, com três tiros no peito e um na cabeça. 

Abordagem 



Compartilhe: