NOTÍCIA

10/10/2017

Veja quem são as vítimas da queda de avião sobre casa em Rio Preto

Todos eram novos e cheios de planos.


Veja quem são as vítimas da queda de avião sobre casa em Rio Preto

A queda de um monomotor sobre uma casa matou três pessoas no início da tarde desta segunda-feira (9), em São José do Rio Preto (SP).

Todas as vítimas estavam dentro da aeronave que tinha saído de Tangará da Serra (MT) na manhã desta segunda-feira com destino ao aeroporto Professor Eribelto Manoel Reino, em Rio Preto.

O avião caiu a cerca de 300 metros da pista, na casa de número 274 da Rua Noruega, no bairro residencial Alto Rio Preto. Ninguém que estava no imóvel ficou ferido.

 

William Rayes Sakr, empresário, 58 anos

William era o proprietário do monomotor prefixo PT-DDB, de fabricação da empresa Beech Aircraft. O empresário era dono de três hotéis em Penápolis e um em São José do Rio Preto (SP). Segundo informações dos bombeiros, era ele quem pilotava o monomotor.

Allyson Lima Verciano, médico, 33 anos

O médico trabalhava como cirurgião cardíaco. Dois dias antes do acidente ele fez um vídeo de um pouso em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, onde a família mora. Segundo Moisés Verciano dos Santos, tio de Allyson, o sobrinho foi para Mato Grosso na sexta-feira (6) acompanhado da irmã, de William e Caique. O objetivo da viagem era comemorar o aniversário da irmã e instalar a franquia de uma loja de açaí em Tangará da Serra.

Caique Caciolato, empresário, 25 anos

O empresário era dono de restaurantes em São José do Rio Preto e estava abrindo a franquia da uma loja de açaí em Tangará da Serra. Horas antes do acidente, Caique postou em seu perfil no Facebook um foto tirada durante o voo, em que ele escreveu: “Bom dia”. A postagem recebeu centenas de reações desde que o acidente foi noticiado.


Caique postou foto horas antes do monomotor cair em Rio Preto (Foto: Reprodução/Facebook)

O acidente

O avião caiu na casa de número 274 da rua Noruega, a cerca de 300 metros do aeroporto Professor Eribelto Manoel Reino, onde pousaria depois de sair de Tangará da Serra (MT). Não há informações sobre o que causou a queda.

A direção do aeroporto de Rio Preto informou que a aeronave tinha partido para a cidade matogrossensse na sexta-feira e estava retornando nesta segunda.

As imagens mostram que o bico do avião se chocou no quintal da residência. Parte da asa ficou dentro da piscina.

Segundo o site da Anac, a aeronave, de prefixo PT-DDB, é um monomotor da empresa americana Beech Aircraft e está com a matrícula regular junto ao órgão.

O pai do médico Alysson Verciano chegou a gravar um vídeo do momento do embarque das vítimas em Tagará da Serra.

No vídeo, cuja publicação foi autorizada pela família, é possível ouvir Antônio Verciano dos Santos desejando boa viagem ao filho e confirmando o tempo de duração do voo, calculado em pouco mais de 3h30. “Deus abençoe, bom voo”, diz o pai.

 

G1

Compartilhe: