Abordagem Notícias
DOM CUMPIM
CÂNDIDO MOTA • 30/09/2023

1° Encontro Mulheres do Agro do Vale é realizado com sucesso

O evento ocorreu na quinta-feira (28) no Centro de Eventos Coopermota.

1° Encontro Mulheres do Agro do Vale é realizado com sucesso

Mais de 200 mulheres ligadas ao mundo do agronegócio participaram na manhã da última quinta-feira (28/09), nas dependências do Centro de Eventos Coopermota, em Cândido Mota/SP, do 1° Encontro Mulheres do Agro do Vale (EMAV). A iniciativa, baseada em pesquisa sobre a participação feminina no agronegócio brasileiro, visou proporcionar regionalmente um momento de discussão de ações que são feitas e que podem ser feitas pelas empresas para aumentar a participação feminina no agronegócio.

As mulheres têm ocupado lugar de destaque e liderança no universo agro, antes dominado pelos homens.  São cada vez mais atuantes como empresárias rurais e também em carreiras profissionais afins, onde mostram competência e comprometimento desde as funções da base como nas de liderança. Empresas, como a NovAmérica, já possuem  programa de incentivo a participação feminina, por sinal, muito bem vinda tanto como parceira comercial quanto como colaboradora.

Para a organização deste primeiro EMAV foi montado um grupo multidisciplinar de 11 colaboradoras da NovAmérica para auxiliar na estruturação. Segundo os organizadores  o objetivo foi alcançado, ou seja, foi proporcionado às participantes uma atualização do que tem sido feito pelas empresas para fomentar a participação de mulheres no setor; promovida a troca de informações, integração e experiências de vida entre mulheres que atuam em diversas atividades agrícolas, cada uma com sua singularidade;  levantadas ações que possam ser empregadas pelas empresas para promover diversidade, equidade e inclusão; e despertado o  interesse de mais mulheres atuarem no agronegócio.

A advogada e empresária rural Marlene Cardoso Mirizola prestigiou e aprovou a iniciativa que, segundo ela, incentiva as mulheres a empreenderem no segmento agronegócio. Segundo ela, a experiência das pioneiras é de grande valia para as que chegam para atuar em uma determinada área, assim como ela mesma começou a advogar em Assis quando não existiam outras mulheres na atividade e, depois de um tempo tomou as rédeas na administração de suas terras. “Como pioneiras encontramos os maiores obstáculos, mas ajudamos a quebrar tabus e a abrir caminho para outras mulheres atuarem em segmentos antes muito masculinizados”, comenta.

Para a empresária rural Neuci Vasques o 1º EMAV foi uma grande surpresa e aprendizado. Ela diz ter se identificado com as palestrantes e seus testemunhos sobre o enfrentamento de preconceitos vividos e superados com garra, persistência e sabedoria. “Elas conquistaram o seu espaço no Agro”, observa Nelci, parabenizando os realizadores, organizadores e palestrantes e complementando “hoje sai daqui muito mais confiante”.

A empreendedora do segmento agrícola e imobiliário Márcia Vasques, agradeceu e parabenizou o grupo NovAmérica, que a convidou para participar como embaixadora do 1º EMAV. Ela diz ter ficado lisonjeada com o convite; uma oportunidade de fazer novas amizades e trocar conhecimento e informação. “Foi um dia muito gostoso”, concluiu.  

Para a empresária rural Vilma Friedel a iniciativa de reunir mulheres do segmento agro para troca de experiências e vivências é bem interessante. Ela que antes de assumir os negócios ao lado do marido Armando Friedel trabalhou na NovAmérica, reconhece a filosofia da empresa em oportunizar crescimento profissional para as mulheres. Como sugestão para as próximas edições ela gostaria de ouvir sobre temas específicos em contribuição para quem já atua no agronegócio.

 

Fonte: Redação - fotos Renata Baldo





lena pilates
Pharmacia Antiga