Abordagem Notícias
DOM CUMPIM
LOCAL • 07/06/2023

FEMA: Cancelada a reunião que discutiria o afastamento do ex-diretor executivo

Diretor Acadêmico, Eduardo Vella entrou com um mandado de segurança.

FEMA: Cancelada a reunião que discutiria o afastamento do ex-diretor executivo

Uma reunião estava marcada para ocorrer na Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA), mas foi cancelada devido a um mandado de segurança preventivo concedido, em parte, pelo juiz de direito, Paulo André Bueno de Camargo. Eduardo Augusto Vella Gonçalves entrou com o mandado para suspender a reunião que aconteceria na noite desta quarta-feira, 07, por decisão do Conselho de Curadores.

A pauta seria sobre afastá-lo dos cargos de Diretor Acadêmico e de professor III da instituição. O Conselho Curador iniciaria um processo administrativo, porém, conforme entendimento judicial, o conselho não poderia afastá-lo cautelarmente, nem iniciar o processo disciplinar - o que teria de ser feito pelo Instituto Municipal de Ensino Superior de Assis - Imesa. Como a pauta ficou prejudicada, o presidente interino do Conselho Curador da FEMA, Marcelo Mello, achou melhor cancelar a reunião.

O conselheiro, Conrado Arcoleze, se manifestou sobre o caso: "Entendo que hoje foi uma derrota dos alunos e de quem luta sempre tendo a ética ao lado. Mas não podemos desanimar, temos os fatos ao nosso lado. O aluno é quem possui o poder de fato na Fema e precisamos exercê-lo. Como? Cobrando e manifestando nossa indignação. Não é possível que o Eduardo Vella fique se escorando nesses mandados de segurança e medidas judiciais. Ele deve satisfação a nós alunos. Não pode dar aula de direito administrativo como se nada tivesse ocorrendo, ensinando sobre princípio da impessoalidade, moralidade, transparência e legalidade e agir de forma oposta a isso. Chega! 
Ele precisa prestar contas do que fez. A gente paga nossas mensalidades em dia, com muito suor e sacrifício, e merecemos isso como resposta? Ficar se escorando em medidas judiciais? Precisamos abrir os olhos e cobrar para que essas manobras cessem. O que a gente quer é apuração dos fatos, transparência, legalidade, ética e não essas fugas covardes!", desabafou

Fonte: Redação




lena pilates
Pharmacia Antiga