Abordagem Notícias
Laguero
LOCAL • 29/09/2022

Assisense realiza o sonho de trabalhar para multinacional na Europa

Além disso, fará mestrado na área de Engenharia de Software.

Assisense realiza o sonho de trabalhar para multinacional na Europa

O assisense William Sarti José, de 27 anos, ex-proprietário da empresa WSJ Informática, também ex-professor do curso Técnico em Informática do Estado de São Paulo- Etec, em breve irá realizar um grande sonho. Ele que atua nas áreas acadêmicas e de desenvolvimento de sistema recebeu uma proposta com visto para morar e trabalhar na Europa para a empresa multinacional Accenture, no cargo  business and integration arch analyst.  Willian conta que,  além de trabalhar em outro país, irá estudar de dedicar aos estudos para realizar outro grande sonho, que é fazer um mestrado na área de Engenharia de software. 

E falando em sonhos, na noite de sexta-feira, 30, William participará da mesa redonda promovida pela Fema – Fundação Educacional do Município e Assis, como ex-aluno da instituição, contando um pouco da sua trajetória na área de TI, na 33ª  Semana da informática.

William se formou em 2018 no curso bacharelado em Ciências da Computação, pela Fema, e, em 2020, terminou a pós-graduação em MBA em Engenharia de Software, pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR.

O convite da Accenture foi devido ao rico currículo do engenheiro de software, acompanhe:

2015-2016: Trabalhou por dois anos como estagiário na Universidade UNESP Faculdade de Ciências e Letras de Assis, dando suporte e realizando manutenções ao laboratório de informática da instituição e no atendimento na biblioteca; 

2016 -2018: Trabalhou dois anos como estagiário na Associação Filantrópica Nosso Lar, em Assis, como Instrutor de Informática, diversos segmentos dentro da área, e como instrutor de Informática onde trabalhou como professor de cursos de informática avançada, web criação de sites e de Jogos;

2018- 2022: Começou a empreender em Assis,  abrindo uma MEI e uma loja de Informática, a WSJ, focada no setor de hardware, como manutenção de celulares e computadores;

2018 - 2019: Trabalhou por dois anos na Bencoaco de Assis, onde atuou  como responsável pelo setor de Tecnologia da Informação;

2020 -2021: Trabalhou por dois anos em uma empresa multinacional de tecnologia, Tata Consultancy Services Londrina/PR, em projetos com o Banco central Itaú, como desenvolvedor front-end web development;

2021: Trabalhou por quatro meses em uma empresa startup de Florianópolis  WiFeed, como desenvolvedor java backEnd;

2022: Trabalhou por oito meses na TOTVS de São Paulo, como desenvolvedor full stack developer;

 

Sobre o evento de sexta-feira, 30, pela FEMA

 

 

Redação Abordagem

 



WEB5