Abordagem Notícias
Unifio
LOCAL • 04/07/2022

Mulher de 37 anos infarta e morre em Assis

Paloma passou mal durante a madrugada desta segunda-feira.

Mulher de 37 anos infarta e morre em Assis

Morreu na madrugada desta segunda-feira, 04 de julho, aos 37 anos de idade, a assisense Paloma Alexandra da Silva. Ela passou mal durante a madrugada e teve uma parada cardiorrespiratória. 

Segundo uma amiga relatou à reportagem, Paloma estava com gripe forte e dor no peito, tendo sido levada à UPA um dia antes, onde recebeu uma injeção.

A assisense trabalhou por alguns anos em um supermercado de Assis, o Superbom, no setor de embalagem e produção, tendo pedido demissão no mês passado.

Ela era deficiente auditiva, e, por essa necessidade especial, foi aluna da professora e, hoje vereadora, Viviane Del Massa, desde a infância, na Sala de Recursos, da escola "Dr. João Mendes Júnior", com aulas complementares às aulas regulares. 

Viviane lamenta o ocorrido com a ex-aluna: "Fiquei sabendo da morte da Paloma hoje cedo. Estou muito triste, e nem sei expressar o tamanho da minha dor. Fui professora dela, desde que era  pequenininha; ensinei a escrever, a reconhecer o nome, a falar algumas palavras, o que para o deficiente auditivo é bem complexo. É muito doloroso ver que uma menina tão nova, tão cheia de vida e energia,  com uma família linda, tenha partido. Não sei explicar o tamanho de tanta dor. Convivi muito com ela e demais alunos; era de dentro de casa, era muito mais que aluna, era um amor muito grande o que tinha por ela", lamenta. 

Casada com Willian Abrantes, deixa dois filhos, ainda pequenos.

Paloma está sendo velada no próprio cemitério, e será sepultada às 16 horas.

 

Abordagem 

 




lena pilates
Pharmacia Antiga