NOTÍCIA

14/05/2019

Eduardo Negrão é nomeado secretário em Marília

O escritor e consultor político já foi vice-prefeito de Palmital, e dirigiu a Rádio Regional.


Eduardo Negrão é nomeado secretário em Marília

Seguindo a tendência conservadora que varre o país, o prefeito de Marília, Daniel Alonso (PSDB), nomeou o escritor e militante bolsonarista, Eduardo Negrão como Secretário-Adjunto de Administração, naquela municipalidade.

Questionado pela reportagem, Negrão afirmou que “depois de 16 anos de petralhas e suas linhas auxiliares, o estado de São Paulo disse um não à esquerda. Não só votando maciçamente no Bolsonaro, mas também barrando o candidato socialista ao governo, Márcio França”.

Conhecido nacionalmente por seus livros e coordenação de campanhas eleitorais, Negrão disse que chegou a hora de um retorno aos valores cristãos e cívicos que tornaram o Brasil grande. “Os alunos devem voltar a respeitar os professores, bandidos tem que temer a polícia e os políticos agirem como servidores públicos e não o contrário como vinha acontecendo”, disse ele.

O prefeito Daniel Alonso já deu exemplo recusando um aumento, já aprovado, em seu salário dias atrás. “Num momento onde até o STF quer se locupletar com lagostas e vinhos raros, um exemplo de austeridade como esse é digno de elogios”, destaca o escritor.

Eduardo Negrão ainda vai ter que dividir seu tempo entre a administração em Marília e seu novo livro que está escrevendo por sugestão do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) sobre a Direita no Brasil.

 

Assessoria de imprensa - Antonio Marques



Compartilhe: