NOTÍCIA

08/02/2018

Mulher que teve 95% do corpo queimado, morre em Assis

Marilene de Lima morava no Jardim Paraná.


Mulher que teve 95% do corpo queimado, morre em Assis

Por volta das 10 horas desta quinta-feira, 08 de fevereiro, a cadeirante Marilene de Lima, de 59 anos, não mais resistiu às graves queimaduras sofridas durante incêndio em sua casa, na tarde de ontem, e morreu no Hospital Regional de Assis.

Marilene residia na Rua Santa Mariana, no Jardim Paraná. Pouco antes das 17 horas, vizinhos ouviram gritos de socorro e tentaram salvá-la, enquanto acionavam o Corpo de Bombeiros.

O incêndio, segundo avaliação inicial no imóvel, teria sido causado por uma bituca de cigarro.

A cadeirante foi encaminhada ao NAR-Núcleo de Atendimento Referenciado do Hospital de Assis, em estado gravíssimo, e veio a óbito nesta manhã.

O velório é realizado na funerária São Vicente Prever, e o sepultamento está marcado para às 16 horas de sexta-feira, 09.

 

Redação Abordagem Notícias

Foto Divulgação.


Compartilhe: