Abordagem Notícias
Mathias Odontologia
LOCAL • 30/09/2022

Energisa monta plano especial de atuação para o dia das eleições

Manutenção preventiva, ampliação de equipes e monitoramento em tempo real estão entre as estratégias

Energisa monta plano especial de atuação para o dia das eleições

A Energisa montou um plano especial de atuação para garantir energia estável e segura nos locais de votação no primeiro turno das eleições, que ocorre neste domingo, dia 2 de outubro. O mesmo esquema de mobilização será replicado, caso haja segundo turno. Com manutenção preventiva, ampliação de equipes e monitoramento em tempo real, a Energisa Sul-Sudeste trabalha na cobertura de todas as seções eleitorais distribuídas nos 82 municípios de sua área de abrangência.   

  

O gerente de Operações da Energisa Sul-Sudeste, Tiago Luis Diório Sanches, explica que o planejamento de atuação nas proximidades dos locais de votação vem para reforçar os trabalhos que a empresa já realiza periodicamente, como vistoria de circuitos que fornecem eletricidade, manutenção da rede e equipamentos, podas de árvores que oferecem algum risco ao sistema elétrico. Além disso, a quantidade de equipes de manutenção será ampliada nas eleições, com profissionais em pontos estratégicos para atender rapidamente qualquer ocorrência.   

  

"É importante ressaltar que, diretamente do Centro de Operações Integrado [COI], a Energisa Sul-Sudeste realiza o monitoramento de toda a rede de distribuição 24 horas por dia, assim como as condições climáticas, sempre se antecipando com ações efetivas diante de qualquer situação atípica que possa interferir no fornecimento de energia. Dessa maneira, redobramos a atenção para esta data tão importante para o país", reforça Tiago.  

  

Ao ressaltar o compromisso da Energisa em atuar intensamente para distribuir energia com segurança e qualidade, Tiago lembra que as redes de energia são passíveis de ocorrências provocadas por fatores externos e não previsíveis como, por exemplo, colisões de veículos contra postes, queimadas, pipas e até a intervenções na rede de energia executadas por pessoas não autorizadas.   

  

Por isso, alerta sobre a responsabilidade da população em adotar uma conduta segura no trânsito; além de não realizar queimadas ou soltar pipas perto da rede elétrica, tampouco executar serviços de construção civil, instalação de placas, antenas ou podas de galhos próximos à fiação, o que pode ocasionar acidentes graves e, consequentemente, interromper o fornecimento da energia para milhares de clientes, inclusive de serviços essenciais e locais de votação.  

 

Assessoria Energisa



WEB5