NOTÍCIA

13/01/2022

Gestante de Assis morre após o parto da filha

Jéssika Gonçalves, de 30 anos, teve a síndrome de helpp.


Gestante de Assis morre após o parto da filha

Jéssika Gonçalves, de 30 anos, funcionária da Credicana - Cooperativa de Crédito Rural, moradora em Assis, foi a óbito na manhã desta quinta-feira, 13 de janeiro, em um hospital em São José do Rio Preto-SP.

Jéssika trabalhava na função de caixa, desde 2012, e era muito querida por toda a equipe e colaboradores da Credicana, que hoje lamentam profundamente a sua partida tão precoce, no momento mais feliz da vida de uma mulher.

No dia 13 de dezembro, há exatamente um mês, a jovem teve um bebê do sexo feminino, e Síndrome de Hellp após o parto. Internada desde então, lutou bravamente pela vida, mas não resistiu.

A síndrome de Helpp é um conjunto de alterações que podem ocorrer na gravidez, e que se caracterizam pela destruição das hemácias, aumento das enzimas do fígado e diminuição da quantidade de plaquetas no sangue. Esta síndrome geralmente está associada à pré-eclâmpsia ou eclâmpsia.

Com o marido, Jean Paulo, Jéssika teve a sua primeira filha, que hoje completa um mês, passa bem e está em casa. Em rede social, Jean se manifestou: "Com meu coração apertado sem forças pra nada eu comunico a vocês que a mulher da minha vida foi morar no céu, complicações Hellp Síndrome. Meu amor eu vou te amar pra sempre minha guerreira".

VELÓRIO E SEPULTAMENTO

O corpo será transladado para Assis e o velório será realizado no São Vicente Prever, na sexta-feira, 14, das 07h às 16h30, com sepultamento logo após.

 

À família enlutada, nossas mais sinceras condolências. 

 

Redação Abordagem


Compartilhe: