NOTÍCIA

04/05/2021

Jovem de 18 anos ataca creche em Santa Catarina e mata crianças e professora

O ataque ocorreu nesta terça-feira, 04 de maio; pelo menos 5 morreram.


Jovem de 18 anos ataca creche em Santa Catarina e mata crianças e professora

Um jovem de 18 anos, identificado como Fabiano Kipper Mai, matou pelo menos cinco pessoas, entre elas três crianças com idades entre seis meses e dois anos, uma professora e uma funcionária ao invadir uma creche armado com um uma adaga (espada) no município de Saudades, a aproximadamente 60km de Chapecó, em Santa Catarina.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Jerônimo Marçal Ferreira, o autor do crime, sem histórico criminal, foi até a creche Pró-Infância Aquarela, no centro da cidade, de bicicleta, por volta das 10h. Ao entrar na creche, ele começou a atacar uma professora de 30 anos que, mesmo ferida, correu para uma sala onde estavam quatro crianças e uma funcionária da escola, na tentativa de alertar sobre o perigo.
 
O rapaz, então, teria atacado as crianças que estavam na sala e a funcionária da escola. Duas meninas de menos de dois anos e a professora morreram no local. Outra criança e a funcionária morreram no hospital. As vítimas ainda não foram identificadas.

"A primeira coisa que fiz foi correr até o local. Chegando lá, vi uma cena de terror. O jovem que, até então, tinha matado a professora e mais três crianças, estava deitado no chão. Muitas pessoas já estavam lá. Ele estava no chão, agonizando, pois as pessoas revidaram", relatou a secretária municipal de educação, Gisela Ivani Hermenn. O ataque aconteceu nesta terça-feira (4)  na creche que atende crianças de 6 meses a 2 anos de idade, no interior de Santa Catarina.

Segundo a secretária, o ataque foi pouco depois das 9h da manhã. "Ele chegou ao local com um facão e outra arma metálica, que não sei informar qual é. Ele matou uma professora e outra está ferida no hospital. Outras crianças também foram levadas ao hospital, mas ainda não sabemos informar a quantidade. Muito sangue... é uma cena de terror, de horror... horrível... Eu estou em estado de choque", lamentou.

Por volta das 12h30, o corpo de Bombeiros de Santa Catarino informou que a outra funcionária da escola, que havia sido socorrida, foi a óbito. O jovem tinha 18 anos e, segundo informações da Secretaria de Educação, é morador do município. De acordo com a Polícia Civil, ele teria atacado, primeiramente, uma professora.

Já segundo o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, "o autor desferiu golpes também contra o próprio pescoço, além de abdomen e tórax, e foi encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital em Pinhalzinho. As equipes das polícias Militar e Civil, bem como o Corpo de Bombeiros Militar e o Instituto Geral de Perícias estão no local e a ocorrência ainda está em andamento".

As três crianças que morreram tinham menos de 2 anos. Gravemente ferido, o agressor também foi encaminhado ao hospital. Ainda não se sabe o que motivou o crime. Saudades fica no Oeste de SC e tem cerca de 9 mil habitantes.

O Corpo de Bombeiros confirmou que ao chegar ao local, o jovem já havia sido contido por populares. Ele tinha um ferimento profundo no pescoço e perguntava sobre quantas vítimas teria conseguido atingir.

 

Redação Abordagem, com informações dos sites Estadão e Revista Crescer

 



Compartilhe: