NOTÍCIA

28/06/2020

Cândido-motense internada com marido por Covid 19, não resiste e morre no Regional

O homem prossegue internado em estado considerado gravíssimo.


Cândido-motense internada com marido por Covid 19, não resiste e morre no Regional

Depois de muitos dias de luta na UTI do Hospital Regional de Assis, a cândido-motense Mercedes Mariano Congiu, 65 anos, veio a óbito na noite de sábado, 27, depois de cerca de 10 dias de internação. O marido dela, também com resultado positivo para a covid-19, foi internado dias antes e seu estado é considerado gravíssimo.

O casal tem uma filha e dois netos. Várias correntes de orações eram feitas desde a internação do casal, que estava junto há cerca de 50 anos.

Segundo postagens da filha na rede social em 23 de junho,  os pais foram submetidos à posição prona (bruços) para melhor ventilação nos pulmões, pois a oxigenação não estava sendo suficiente, mesmo entubados.

“Nós aqui em casa já fizemos o teste do Covid e deu negativo, não fomos portadores assintomáticos. Agora vamos repetir os exames dia 29/06, estamos sendo atendidos por uma médica infectologista. Eu tive mais contato com eles e por isso estou em isolamento até o dia certo para fazer o exame, tempo este, que poderão aparecer os sintomas se acaso fui infectada. Estou mantendo distância do marido e filhos e tomando todos os cuidados. Vamos continuar em oração pelo restabelecimento dos meus pais. Jesus e Maria rogai por nós”, se expressou. 

O corpo da senhora Mercedes ainda é mantido no Hospital Regional de Assis nesta manhã de domingo, e será o primeiro sepultamento por Covid-19 em Cândido Mota, com todos os protocolos exigidos, o que inclui a ausência de velório. 

Nossas condolências à família enlutada nesse moimento de tão intensa dor.

 

Abordagem Notícias.



Compartilhe: