NOTÍCIA

18/09/2019

Cadastramento biométrico termina em 19 de dezembro e ainda falta o registro de 21.200 eleitores

Os idosos constituem a maioria das pessoas que perderão seus títulos, caso não façam a biometria.


Cadastramento biométrico termina em 19 de dezembro e ainda falta o registro de 21.200 eleitores

No começo desta semana, o Cartório Eleitoral de Assis fez o levantamento de quantas pessoas ainda não fizeram o cadastramento biométrico. O prazo finda em 19 de dezembro e 21.200 assisenses, aptos a exercerem o direito ao voto, ainda não foram fazer a biometria.

Segundo avalia Misael da Silva Maia, chefe da 15ª Vara Eleitoral, esses eleitores pertencem a uma faixa etária mais avançada. Chegou-se a essa conclusão, porque os locais com maior índice de eleitores não cadastrados biometricamente são escolas mais antigas, como o Carlos Alberto de Oliveira e João Mendes Júnior.

O voto não é obrigatória às pessoas com mais de 70 anos, contudo, conforme cita o chefe cartorário, mesmo que não sofram as consequências aplicadas aos eleitores abaixo dessa faixa etária, perderão seus títulos.

Segundo informa, há muito espaço na agenda, sendo possível fazer a biometria com tranquilidade.

De acordo com Misael, o eleitorado de Assis está em cerca de 72 mil pessoas aptas à exercerem seu direito ao voto.

Em Echaporã, apenas 900 pessoas não fizeram o cadastramento biométrico.

O outro cartório está bem adiantado, uma vez que tem se deslocado aos municípios que engloba. Já foi feito o trabalho em Tarumã, Florínea e Cruzália, e, nesta quarta-feira, 18, a equipe está em Pedrinhas Paulista.  

“O percentual deles está acima de 80% concluído, com exceção de Pedrinhas, que ainda está sendo feita”, diz Misael.

Visando agilizar o processo de cadastramento biométrico, haja vista que a data final está muito próxima,  o Cartório Eleitoral de Assis instalou mais dois pontos para o cadastramento biométrico de eleitores.  Há atendimento na unidade do Cras da Vila Prudenciana, e na Fundação Educacional do Município de Assis (Fema).

No cartório o atendimento é da 9 às 18h30, de segunda a sexta-feira. No Cras, localizado na Avenida Davi Passarinho, 704, das 8h30 às 16h30. Na Fema, o horário é das 10h até 17 horas.

Misael informa que os horários de atendimentos nesse locais são contínuos, ou seja, não há interrupção para horário de almoço. Tudo isso para facilitar o cadastramentos aos eleitores.

Frisa o chefe de cartório, que em um sábado, por mês há plantões para o cadastramento biométrico, bem como na Fema. O Cras não entra nos plantões.

 

 

Vários transtornos podem ocorrer quando na falta do cadastramento biométrico, portanto é importante que os eleitores não deixem para a última hora. Para Assis e Echaporã, abrangidos pela 15ª Vara Eleitoral, o prazo para o registro biométrico termina em 19 de dezembro de 2019.

Pela 290ª, que congrega Cruzália, Florínea, Maracaí, Pedrinhas Paulista e Tarumã, o prazo finda em 31 de outubro, sendo então datas diferentes para cada município.

Documentos

É preciso apresentar o RG, ou outro documento pessoal (CNH, certidão de nascimento), comprovante de residência e título, se já possuir. Vale ressaltar que se for o primeiro título, a CNH não serve como documentação, e, se for homem com idade acima de 18 anos, é necessário apresentar a carteira de reservista ou o alistamento militar.

Quem não se apresentar até o prazo estipulado terá o título de eleitor cancelado

 

Veja o que acontece se seu título for cancelado

 

- Não poderá votar;

 

- Ficará impedido de receber salários ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo;

 

- Não poderá tirar o passaporte;

 

- Não será possível se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;

 

- Com o título cancelado, não poderá renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;

 

- O cidadão que tiver seu título cancelado não poderá obter o certificado de quitação eleitoral, de acordo com disciplina a Res.-TSE nº 21.823/2004;

 

- Não poderá participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias;

 

- Ficará impedido de concorrer às eleições;

 

 

Serviço:

Cartórios eleitorais de Assis 15ª e 290ª Eleitorais

Endereço – Rua Dr. Clybas Pinto Ferraz, 75

Telefone (18) 3324 5873.

Horário de Atendimento: Das 9 às 18h30, de segunda a sexta-feira.

 

Fema – Fundação Educacional do Município de Assis

Endereço - Avenida Getúlio Vargas, 1200 - Vila Nova Santana.

Horário de Atendimento: 10h até 17 horas, de segunda a sexta-feira.

 

Cras - Centro de Referência da Assistência Social

Endereço – Avenida Davi Passarinho, 704

Horário de Atendimento: Das 8h30 às 16h30, de segunda a sexta-feira.

 

 

Redação e foto Abordagem Notícias



Compartilhe: