NOTÍCIA

21/03/2019

Ex-provedor da Santa Casa de Presidente Venceslau é preso pela Polícia Civil

A operação aponta desvio de verbas parlamentares destinadas à saúde.


Ex-provedor da Santa Casa de Presidente Venceslau é preso pela Polícia Civil

Na quartaa-feira, 20, policiais civis prenderam, na cidade de Presidente Prudente, os empresários Gilmar Aparecido Alves Bernardes e Antônio José Aldrighi dos Santos, em face de condenação, confirmada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. 

A condenação, já em segundo grau, decorre de intensa atividade investigativa levada a efeito pela Polícia Civil de São Paulo, cujo Inquérito Policial, 65/2016, tramitou junto a Central de Polícia Judiciária de Presidente Venceslau, a denominada “Operação Sanctorum”, ganhando os grandes noticiários. 

Gilmar foi condenado a pena de sete anos e sete meses de reclusão, e Antonio José, que por muitos anos foi provedor da Santa Casa de Misericórdia, a seis anos, seis meses e vinte e cinco dias, ambos em regime semi aberto.

A operação aponta desvio de verbas parlamentares destinadas à saúde. Esquema era feito com a compra superfaturada de equipamentos. 

 

Com informações do Deinter 8



Compartilhe: