NOTÍCIA

11/10/2017

Assassinos de José Eduardo 'Moto Mil', são julgados nesta quarta-feira

Um dos réus matou Eduardo com vários tiros, o outro, o levou ao local do crime, dando cobertura.


Assassinos de José Eduardo 'Moto Mil', são julgados nesta quarta-feira

Serão julgados nesta quarta-feira, 11 de outubro, no Fórum da Comarca de Assis, Gustavo Sampaio Frioli e Luiz Fernando Sampaio, o “Fefe”. No dia 10 de setembro de 2014, Gustavo, então com 19 anos, matou a tiros José Eduardo Campos de Lima, de 24, popular "Zé Moto Mil". Luiz Fernando foi comparsa no crime, já que, segundo os autos do processo, sabia da intenção e deu total cobertura ao seu sobrinho, levando-o ao local.

Na manhã do fatídico dia, José Eduardo trabalhava quando foi alvejado com vários tiros dentro da oficina de sua família, na Rua Vicente Fernandes Figueiredo, nº 418, na Vila Ribeiro. O pai dele, Fábio Christo de Lima,  também levou um tiro quanto tentou salvá-lo, foi operado e sobreviveu. Um cliente da oficina, Anderson, também foi alvejado.

Segundo conta o advogado Roldão Valverde, Gustavo Sampaio Frioli foi pronunciado por homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima) e também por dupla tentativa de homicídio. O tio, coautor, responderá pelo mesmo, cada qual de acordo com sua materialidade.

A acusação estará a cargo do representante do Ministério Público de Assis, o promotor de Justiça Eduardo Henrique Amâncio de Souza, que terá como assistente de acusação o criminalista Roldão Valverde.  A defesa de Gustavo e Luiz Fernando será feita pelos advogados Caisê Pinheiro e Alexandre Valverde. O júri será presidido pelo juiz Thiago Baldani Gomes de Filippo.

 

Redação Abordagem Notícias.

Compartilhe: