Abordagem Notícias
SANTA CASA
LOCAL • 03/07/2024

Projeto que dá o nome de Catarina a viaduto na Rachid Rayes é aprovado

Iniciativa e autoria são do deputado Ricardo Madalena.

Projeto que dá o nome de Catarina a viaduto na Rachid Rayes é aprovado

Foi publicado no Diário Oficial, ontem, 02 de julho, a aprovação do projeto de lei do deputado Ricardo Madalena (PL), resultando na Lei 17.970, que dá a denominação de "Catarina Torres Mercadante Leite do Canto" ao viaduto localizado na Rodovia Rachid Rayes, a SP-333, no Km 391 + 320 metros, na cidade de Assis. A lei entra em vigor na data de sua publicação.

O deputado Ricardo Madalena encaminhou uma carta aos familiares de Catarina para informar sobre a sanção do projeto pelo governador Tarcísio de Freitas. A carta destaca o compromisso em preservar as memórias de pessoas queridas que marcaram a história das cidades do interior do Estado e homenageia Catarina por sua dedicação e legado.

Catarina Torres Mercadante Leite do Canto, carinhosamente conhecida como Cati, era uma jovem estudante de Medicina que perdeu a vida tragicamente em um acidente de carro na noite de 29 de janeiro de 2023, enquanto retornava de Assis para Marília pela Rodovia Rachid Rayes (SP-333). O acidente envolveu uma Chevrolet/S10 e o veículo de Catarina, um Polo prata. Segundo apurado pela Polícia Civil, o motorista da caminhonete realizou uma ultrapassagem proibida, resultando em uma violenta colisão frontal que prendeu Catarina às ferragens, levando-a a óbito no local. O condutor responde ao processo em liberdade, mas foi pronunciado para ir a júri popular, em data ainda não definida.

A homenagem foi recebida com grande emoção pela mãe de Catarina, Mana Mercadante, que expressou seu orgulho e honra pela memória da filha. "A denominação desse viaduto é motivo de muito orgulho e honra pela nossa filha, ainda mais na estrada onde foi tirada a sua vida. A Cati pra nós será sempre imortal, e com essa homenagem prova o quanto o legado de amor ficou por onde ela passou. Agradecemos todos os envolvidos nesse projeto de homenagem a nossa florzinha, logo esse viaduto será o jardim da Cati, pois vou enchê-lo de florzinhas", declarou Mana.

Catarina, de 22 anos, era muito querida em Assis e conhecida por seu jeito meigo, sonhador e sempre pronta a ajudar o próximo. Seu legado de amor e dedicação será lembrado e honrado através da denominação do viaduto, perpetuando sua memória na comunidade.

Fonte: Redação




lena pilates
Pharmacia Antiga