Abordagem Notícias
SANTA CASA
GERAL • 14/06/2024

Inscrições para o Enem terminam hoje: saiba como começar a estudar

Professor Jubilut compartilha dicas para mandar bem na aprovação.

Inscrições para o Enem terminam hoje: saiba como começar a estudar

Hoje finalizam as inscrições para o Enem 2024, a porta de entrada para milhares de brasileiros na universidade. Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Semesp, plataforma de orientação e desenvolvimento de carreiras do Pravaler, 80% dos 1.542 jovens entrevistados querem entrar na faculdade neste ano. O ingresso no ensino superior é visto como uma ponte para um futuro promissor e a chance de transformar suas vidas através da educação. 

O impacto do Enem na democratização do acesso à educação superior é inegável. Segundo dados do Censo da Educação Superior de 2022, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), cerca de 48,2% dos estudantes do ensino médio realizaram a prova, demonstrando a abrangência e a importância do exame. 

Para garantir uma vaga no ensino superior, os estudantes buscam instituições e pessoas que facilitem esse processo. Uma dessas plataformas é o Aprova Total, fundada pelo professor e youtuber Paulo Jubilut. Nos últimos dois anos, a edtech ajudou mais de 11 mil alunos a conquistarem o sonho de aprovação no ensino superior. 

“Embora o Enem tenha trazido benefícios imensuráveis para a educação brasileira, é importante reconhecer os desafios que ainda persistem. A pressão excessiva por obter uma boa nota no exame também gerou uma onda de ansiedade e estresse nos vestibulandos”, explica Jubilut. 

Para tornar o processo mais assertivo, Jubilut explica que há técnicas. Confira as dicas compartilhadas pelo professor. 

Monte um plano de estudos 

O mais importante em um plano de estudo é que ele seja ajustado à sua rotina e leve em consideração o tempo restante até o dia da prova, sua capacidade de absorver informações, a exigência do seu vestibular e os limites do seu corpo. 

O ideal é que você tenha diariamente entre 2 e 8 horas disponíveis de estudo líquido. A necessidade de mais ou menos tempo vai depender da concorrência do seu curso. 

Organize os estudos do dia 

Todo dia o estudante deve reunir os conteúdos que precisa estudar e classificá-los com base no peso da matéria no seu vestibular e na incidência do assunto nesse vestibular. 

Jamais assista aula com as mãos paradas 

O erro mais comum é copiar a aula na íntegra para o caderno. É essencial anotar os tópicos e explicá-los de forma sucinta, utilizando palavras-chave. Se estiver assistindo a uma videoaula, pause quando o professor mudar de tópico e resuma com suas próprias palavras e de forma sucinta o que você compreendeu. 

 “Não passei! E agora?” Volte a estudar depois de quase passar 

Evite recomeçar do zero, pois você já possui conhecimento acumulado e deve continuar a partir desse ponto. Comece criando uma tabela na qual lista os tópicos que domina e aqueles que ainda não dominou. 

Os temas que já domina devem entrar na lista de revisão, priorizando aqueles com maior peso e incidência. Quanto aos assuntos que ainda não domina, é importante elaborar um cronograma de estudos para abordá-los. 

Busque técnicas e métodos 

O mundo da educação está cheio de técnicas e métodos que podem auxiliar no processo de estudar para o vestibular, como: 

Técnica Feynman 
Curva de Ebbinghaus 
Método SQ3R 
Método de Cornell 

Além disso, o estudante deve sempre lembrar de não se “desumanizar”, porque não viramos uma máquina durante o processo de estudo. Apesar de ser um processo intenso, cuidar da saúde mental e entender seus limites é essencial para conquistar a tão sonhada vaga. 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Economídia




lena pilates
Pharmacia Antiga