Abordagem Notícias
Unifio
REGIÃO • 13/05/2024

Predinhos do CDHU em Marília são alvos de incêndio criminoso e ato terrorista

As chamas foram contidas, mas houve danos em setores do residencial.

Predinhos do CDHU em Marília são alvos de incêndio criminoso e ato terrorista

A Prefeitura Municipal de Marília e a Defesa Civil comunicam que na madrugada de sábado, 11 de maio, por volta das 4 horas da manhã houve um ato terrorista a partir de incêndio criminoso no hall de escada para acesso ao bloco E3, do conjunto habitacional ‘Paulo Lúcio Nogueira’, popularmente chamado de predinhos do CDHU, na zona Sul.

Conforme informações da Defesa Civil, vândalos desconhecidos atearam fogo num sofá posicionado propositalmente no hall de escada, colocando em risco a vida de todos os moradores do residencial, que ainda estava dormindo em seus apartamentos (inclusive muitas crianças e idosos residem no E3). Graças aos esforços dos próprios moradores do bloco E3, as chamas foram contidas, mas houve danos em setores do residencial. A Defesa Civil avaliou que, se o fogo não fosse controlado, a proporção que tomaria colocaria a vida de todos em risco. Por tal motivo, o ato está sendo classificado pela Prefeitura Municipal de Marília como ação terrorista, voltada exclusivamente para tumultuar e prejudicar a operação de remoção das famílias do condomínio.

O cronograma de retirada segue sendo cumprido pelo Município e CDHU, os auxílios-moradias e auxílios-mudanças para as famílias que estão deixando seus imóveis vêm sendo depositados e pagos regularmente. Equipes da Secretaria Municipal da Assistência Social, da Saúde, Direitos Humanos e da Procuradoria-Geral do Município, com apoio da Secretaria de Estado da Habitação, via CDHU, continuam com os trabalhos de atendimento e orientação às famílias, nas fases estabelecidas da remoção.  O bloco A1 está totalmente lacrado e o bloco A3, parcialmente, mas nos próximos dias sua lacração será concluída.

Fonte: Fotos - divulgação




lena pilates
Pharmacia Antiga