Abordagem Notícias
SANTA CASA
POLÍCIA • 08/01/2024

Autor simula roubo para justificar tiro em companheira

A mulher era frequentemente torturada.

Autor simula roubo para justificar tiro em companheira

Na última quinta-feira, a Polícia Civil de Assis, por meio da Delegacia de Investigações Gerais e Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, esclareceu um caso grave de violência doméstica que resultou em um crime de femicídio tentado, em Assis. 

A vítima, T.V.D., de 34 anos, foi atingida por disparo de arma de fogo, dentro de sua casa, em 13 de dezembro de 2023, sob a alegação inicial feita à polícia de que havia ocorrido um suposto roubo, e não uma extrema violência doméstica. A mulher, juntamente com seu convivente J.A.B., de 45 anos, relatou que desconhecidos invadiram a residência e atiraram contra ela, atingindo-a no pescoço, o que foi uma invenção para livrar o homem da prisão. A mulher foi socorrida e sobreviveu.

No entanto, após investigações, a verdade veio à tona. Descobriu-se que a vítima estava sofrendo um intenso quadro de tortura e violência doméstica. No dia do crime, o companheiro, temendo ser denunciado pelas constantes agressões, disparou contra T.V.D. A Polícia Civil agiu rapidamente, representando pela prisão do autor.

No último dia 5 de janeiro de 2024, o indivíduo foi localizado e detido pela polícia, sendo encaminhado à Cadeia Pública de Lutécia/SP.

Fonte: redação e foto




lena pilates
Pharmacia Antiga